Uma semana a ser lembrada por futuros engenheiros

2014-09-05 - Esta foi a melhor semana da minha vida,” diz Antonio Pimentel, um estudante de engenharia de São Paulo, Brasil, que acabou de passar os últimos seis dias na Suíça como um convidado da ABB Jürgen Dormann Foundation for Engineering Education.

Ulrich Spiesshofer, CEO do Grupo com alguns dos estudantes.

Juntamente com outros 30 estudantes de nove países, Antonio foi à Suíça em meados de agosto para participar do evento internacional da fundação. Os estudantes da fundação são convidados para o evento internacional como parte de seu programa geral de bolsa de estudos.

A semana na Suíça combina uma série de apresentações realizadas por executivos seniores da ABB e apresentações técnicas feitas pelos próprios estudantes com visitas a fábricas da ABB,
Centro de Pesquisa Corporativa em Dättwil e o ETH Federal Institute of Technology (Instituto Federal de Tecnologia) em Zurique. Além disso, os estudantes desfrutam de um fim de semana de lazer, visitando Zurique, uma fábrica de chocolate e um ponto turístico, o Monte Titlis.

Uma série de primeiras vezes
Para a maioria dos alunos, é a primeira vez longe de seus países, seus primeiros vôos e a primeira que veem neve. O entusiasmo é evidente.

Para alguns, o destaque da semana é a habilidade de trabalhar em grupos internacionais para preparar apresentações; para outros, é a oportunidade de ouvir e aprender com os executivos , e para os demais é subir uma montanha coberta de neve.

Jürgen Dormann tem ao seu lado Ulrich Spiesshofer, o CEO da ABB e JC Deslarzes, responsável por Rescursos Humanos e presidente da fundação.
Um dos destaques foi uma tarde de apresentações feitas pelos melhores executivos da ABB. Ulrich Spiesshofer, CEO do Grupo, deu detalhes de sua carreira, negócios emergentes, tendências tecnológicas e prioridades da ABB, e dedicou tempo a responder perguntas dos estudantes. JC Deslarzes, responsável por Recursos Humanos e Presidente da Fundação, deu insights sobre escolhas de carreira e as oportunidades na ABB para os graduados.

Claes Rytoft, responsável de Pesquisa e Desenvolvimento, deu uma visão geral de P&D, bem como exemplos de recentes tecnologias inovadoras, enquanto Maxine Ghavi, responsável da Iniciativa do Segmento de Indústria Solar detalhou o mercado solar e o envolvimento da ABB no projeto de avião pela Solar Impulse.

“Eu aproveitei mesmo essa semana na Suíça. Conheci muitas pessoas interessantes,” diz a estudante Maria Kania, da Polônia. “Participei do evento oficial que contou com uma mesa redonda com o CEO da ABB. Tive a oportunidade de falar com ele pessoalmente, ele nos deu muitos insights úteis sobre como trabalhar em uma equipe multicultural, o que é importante se você quer ser um líder, e nos disse como é a rotina de um CEO.”

Voluntários da ABB
A semana não seria possível – ou bem-sucedida– sem o trabalho considerável de voluntários da ABB. Membros da equipe de gestão da Fundação começaram a trabalhar nove meses antes do evento, coordenando atividades com representantes de diferentes funções e negócios ao redor do mundo.

Hora de perguntas dos engenheiros do futuro para os executivos da ABB. “É uma semana memorável para os voluntários, bem como para os estudantes,” diz Bindu Kolath, um dos organizadores. “É uma oportunidade para nós mostrarmos a eles algo completamente novo, aumentar seu entusiasmo e potencialmente interessá-los em uma carreira na ABB. O retorno que recebemos tem sido muito positivo e faz todo o trabalho árduo valer a pena.”

Aproximadamente 150 estudantes ganharam bolsas da fundação até agora, e muitos deles estagiaram ou foram contratados pela ABB . Por exemplo, dois dos estudantes vietnamitas que vieram à Suíça para o evento internacional não terão que esperar muito para a próxima experiência com a ABB: Eles se irão ingressar na empresa no mês que vem.

A Fundação está em expansão
A fundação foi estabelecida em 2007 e agora tem 12 universidades parceiras em nove países. O trabalho para crescer mais está em desenvolvimento , com análise de mais três parcerias universitárias em três países. Espera-se que ao menos uma seja concluída ao final do ano.
A fundação tem seu nome em reconhecimento à contribuição de Jürgen Dormann à ABB. Ele serviu como Presidente de 2001 a 2007, e também foi CEO de setembro de 2002 a dezembro de 2004.

Palavras finais
As palavras finais dos eventos da semana vão para Bima Nugraha Sanusi, da Indonésia. A neve no Monte Titlis deixou uma impressão memorável. “Eu costumava ver gelo somente em uma geladeira. Ir ao topo do Monte Titlis por um dia foi minha primeira chance de tocar a neve e estar em uma área de zero grau. Foi o melhor dia da minha vida e jamais me esquecerei desta experiência.”

Fique por dentro:

Siga-nos no TwitterParticipe do nosso grupo no LinkedInConecte-se ao FacebookInscreva-se no nosso canal no YouTube

Busca