ABB executa contrato de serviço para energia solar na Bulgária

Centro de controle em Sofia irá monitorar remotamente a performance da operação e dos equipamentos da nova planta de PV

ABB assinou contratos de operação e manutenção para quatro plantas de energia fotovoltaica nas cidades de Pleven, Kazanlak, Karlovo e Silistra no norte e centro da Bulgária, com capacidade instalada total de 85 megawatt peak (Mwp). Pertencente e construída pela Hareon Solar, a produtora chinesa é líder em módulos PV e investidor principal em plantas de energia PV. As plantas PV de Silistra e Cherganovo são fornecidas com paineis PV da Hareons enquanto Pleven e Kolarovo são equipadas com paineis fabricados pela empresa suíça ILB Helios sob a licença da Hareon Solar.

Um centro de controle na capital Sofia irá monitorar a operação de quatro plantas rastreando e assegurando a performance do equipamento principal (Pleven está a aproximadamente 175 quilômetros ao nordeste, Kazanlak está a 195 km ao leste, Karlovo 140 km ao leste e o distrito de Silistra cerca de 440 km ao nordeste de Sofia). Uma parte crucial dessa função inclui a otimização das plantas de operação, análise, diagnóstico e reparos emergenciais de falhas, e suporte por telefone. A equipe do local irá receber a resolução por suporte dos operadores , e uma notificação via SMS de forma automática é bem planejado. Além disso, um portal da internet proporciona informações online detalhadas sobre radiação solar, produção de energia e performances técnicas e financeiras da planta.

ABB adquiriu experiência e conhecimento consideráveis em serviços remotos para plantas de geração de energia durante os últimos 15 anos, e essas soluções também estão disponíveis para plantas fotovoltaicas. Na Espanha e na Itália, por exemplo, um sistema de monitoramento de serviço remoto em plantas PV se espalhou pelos países com capacidade de geração de mais de 200 MW.

Manutenção e operação profissionais
O serviço remoto da ABB monitora um planta inteira em tempo real e envia alarmes quando qualquer parte não está tendo uma performance adequada. Um técnico autorizado na sala de controle de diagnostica o alarme, e também corrige o problema imediatamente ou, se necessário, envia uma equipe de serviços para a planta. O mais importante para o cliente é o software avançado que a ABB desenvolveu para plantas de energia solar que coleta e disponibiliza toda a informação em uma base de dados que pode ser acessada remotamente de qualque parte do mundo por meios de gestão de relatório que pode ser configurado livremente. Isso é utilizado, entre outras coisas, para planejar a produção para o dia seguinte se o software correspondente está instalado.

As plantas solares de 50.6 MWp Pobeda, 25 MWp Cherganovo, 5 MWp Karlovo e 5.88 MWp Kolarovona Bulgária usam igualmente equipamento solar da ABB, incluindo inversores PVS800, dry cast-coil transformers e subestações de média tensão, assim como sistemas de monitoramento e controle. A ABB fará manutenção preventiva com inspeções infravermelhas, monitoramento em série, análise dos sistemas e soluções operacionais, suporte total para os conversores fotovoltaicos, visando aprimorar todos os elementos da planta de energia PV, incluindo as redes de conexão da instalação.

Como parte do projeto, a ABB está fornecendo inspeções preventivas planejadas – medidas e averiguações sistemáticas – para garantir condições excelentes de operação, disponbilidade máxima do equipamento e dos sistemas, e prevenir falhas que possam ocorrer de um desgaste em andamento.

A manutenção do equipamento e atendimento total dos inversores PV fornecidos pela ABB irão garantir um equipamento essencial nas plantas irão permanecer em boas condições de operação. Relatórios e análises mensais da performance serão fornecidos para o dono do projeto.

ABB tem cooperado com a Hareon Solar desde 2011 na construção das plantas de energia fotovoltaicas na Itália e Bulgária. ABB tem mais de 1000 funcionários na Bulgária e três unidades de produção estão localizadas em Petrich, Sevlievo e Rakovski.

Fique por dentro:

Siga-nos no TwitterParticipe do nosso grupo no LinkedInConecte-se ao FacebookInscreva-se no nosso canal no YouTube


Busca