A ABB e a norma de quadros elétricos NP 61439

2018-01-09 - Em janeiro de 2009, foi publicada a IEC 61439, a nova norma para conjuntos de aparelhagem de potência, comando e controlo de baixa tensão.
Este foi o objetivo do grupo do projeto internacional que trabalhou numa tarefa denominada “reestruturação radical e revisão da série IEC 60439” desde 1998. Esta iniciativa foi introduzida por vários países após a insatisfação com a série IEC 60439. A finalidade foi harmonizar e definir todos os requisitos gerais para conjuntos elétricos de baixa tensão.

A celebração de um acordo foi extremamente desafiante, com os primeiros resultados através da publicação das duas primeiras partes de sete que se identificaram, incluída uma parte dedicada às especificações dum conjunto cablado, um guia de perfil relatório técnico - IEC/TR 61439-0.

− IEC/TR 61439-0 Guia para a especificação de Conjuntos
Relatório técnico que identifica, como orientação a partir da perspectiva do utilizador, as características e funções que devem definir um conjunto

− IEC 61439-1 Regras gerais
É a parte dos princípios de base e gerais e não pode ser utilizada isoladamente para especificar um conjunto

− IEC 61439-2 Conjuntos de aparelhagem de potência e comando
Define os requisitos específicos dos conjuntos de aparelhagem de potência e comando (conjuntos PSC) e deve ser utilizada com a Parte 1. Esta é a única parte que tem uma função dupla, dado que abrange conjuntos PSC e qualquer conjunto que não seja abrangido por qualquer outra parte específica

− IEC 61439-3 Quadros de distribuição para uso de pessoas não qualificadas
Conjunto com requisitos conforme as condições de exploração. Em concreto conjuntos cablados disponíveis para uso de pessoas não qualificadas (<BA4). Instalações em locais onde pessoas sem capacidades específicas têm acesso ao quadro elétrico (classificação da competência conforme IEC 60364-5-51 e legislação nacional RTIEBT, secção 32)

− IEC 61439-4 Conjunto para locais de construção
Conjuntos sujeitos às condições de exploração presente em locais em “construção”. Quadros elétricos de perfil “quadro de obra”

− IEC 61439-5 Quadros de distribuição de potência (PENDA)1
Conjuntos de distribuição de potência em Rede Pública

− IEC 61439-6 Sistemas de calha electrificada pré-montada.
Parte dedicada à “canalização”. Quando parte integrante do conjunto.

− IEC/TS 61439-7 Conjuntos para aplicações específicas, marinas, parques de campismo, áreas comerciais, postos de carregamentos de veículos eléctricos2

A norma IEC 61439-1, responsabilidade do IEC (Comissão Eletrotécnica Internacional) é ratificada pelo CENELEC (Comité Europeu de Normalização Electrotécnica) em 2011 e transposta para Norma Europeia. O texto foi aprovado sem quaisquer modificações com o voto paralelo IEC-CENELEC.

De notar que uma norma IEC não é forçosamente de cumprimento obrigatório, sendo sempre em primeira linha, uma referência, um “standard”, todavia, uma norma EN da responsabilidade do CENELEC obriga os seus membros, onde se inclui Portugal, com base em regulamentos Internos CEN/CENELEC, a adotar a presente EN 61439 como norma nacional sem qualquer modificação. Assim aconteceu em 2014, com a publicação da norma NP 61439-1, e suas partes subsidiárias, tornando-se esta a mais relevante e transfronteiriça norma de conjuntos cablados no mercado elétrico.

    1 Public electricity network distribuition ASSEMBLY
    --
    2 RTIEBT [E] 722 Alimentação de veículos elétricos

A nova norma NP 61439 mantém o seu âmbito de aplicação, com base na antecessora EN 60439, para caixas (invólucros) com tensão nominal inferior a 1000 Vac (frequências que não ultrapassam 1000 Hz) ou 1500 Vdc. Para a definição de conjuntos surge um novo conceito – verificação. Eliminando completamente as categorias QS3 e QDS4. Para estar em conformidade com a norma, os ensaios de tipo foram substituídos pelo conceito verificação. Conceito que se traduz em: verificação de construção/execução através de ensaio, por cálculo/medição ou por satisfação das regras de conceção e design duma marca.

Competem ao Fabricante Original (3.10.1) as vericações de primeira fase (10.Verificação da conceção) e ao Fabricante do Conjunto (3.10.2) as verificações finais (10.Verificação de rotina). Tornando-se desta forma mais claro o capítulo das responsabilidades.

Enquanto marca líder a ABB avançou em primeiro lugar na divulgação e cumprimento da norma EN 61439 nos seus produtos acabados, isto desde 2010, salientando que só em 2012 é que passou a “lei internacional”: IEC 61439 e em Portugal com a NP 61439 em 2014.

O programa ABB qualificação de quadristas - System pro E partnership

A ABB congratula-se de ter ido mais longe avançando na liderança formativa no contributo para a qualidade e segurança dos produtos acabados com a marca ABB, lançando em 2017 o programa internacional da ABB System pro E partnership. Após a sua apresentação em várias sessões no país e divulgação nos media da especialidade, deste programa de qualificação dos seus parceiros quadristas, adaptado e alinhado aos requisitos legislativos e normativos nacionais, resultou no reconhecimento de 17 parceiros qualified e 21 selected, oportunamente publicados, representando cerca de 200 técnicos que passaram pelo programa.


A NP 61439 e o projeto

As engenharias e EPC’s: o projetista, diretor de obra, fiscalização, o técnico responsável entre outros, como partes integrantes dum projeto até à execução, embora de papéis definidos, têm na NP 61439-1, e recentemente também o IEC/TR 61430-0 – Anexo C, o “fio condutor” de orientação transversal para distintas responsabilidades e exigências. A ABB reconhecendo a importância destes atores no mercado elétrico, através de sessões técnicas realizadas nas suas instalações de Lisboa e do Porto conseguiu chegar a cerca de 100 profissionais de projeto, com a demonstração de um elevado interesse por parte dos participantes face ao número de presenças e questões colocadas.

Não querendo ficar por aqui e sabendo a importância estratégica do ensino profissional, dos politécnicos das academias em parceria com a Voltimum e O Eletricista a ABB esteve na prestigiada FEUP sobre ao tema: A nova NP EN 61439 e o projeto, onde se registou um número de inscrições de aproximadamente 100 participantes que se repartiram entre presenciais e por streaming.

Acrescenta-se a presença no ISEL, reconhecida Escola de Engenharia do nosso país com mais de 150 anos ao serviço do ensino, como resposta ao desafio do Grupo Disciplinar de Instalações Eléctricas dos cursos de Licenciatura e Mestrado em Engenharia Electrotécnica, de complementar o conteúdo académico daqueles cursos, com uma visão prática e de reflexo do mercado real.

“Faço notar que apresentações desta índole são sempre bem vindas à “academia” pela mais valia e complementaridade que a visão prática de entidades externas de referência mundial, como é o caso da ABB, trazem à formação dos nosso alunos.” - Prof. Coordenador Constantino V. S. Soares.

Em complemento às sessões técnicas a ABB disponibilizou no seu www.abb.pt duas áreas especificas dedicadas, perfil Quadristas e outra às Engenharias e EPC’s, com informação técnica e temas de interesse relevante e de apoio transversal.

Ainda na temática NP 61439, a ABB elaborou um Guia de Apoio – Conjuntos NP 61439 – Prescrição e execução, cujo objetivo deste documento é permitir que os quadristas, instaladores, projetistas ou donos-de-obra se familiarizem com as nova norma e indicar as principais alterações que foram introduzidas, bem como os elementos que permaneceram inalterados. Com principal destaque para o Anexo C, o qual permitirá definir pontos de acordo relativos à execução e produto final – Conjunto cablado, entre Utilizador5 e Fabricante do Conjunto6, sem prejuízo pelo estatuto legal do projetista7. Documento único e exclusivo.

    3 QS (Quadros de Série) ; TTA (Type Tested Assemblies); ES (ENSEMBLES de série)

    4 QDS (Quadros Derivados de Série); PTTA (Partially Type Tested Assemblies); EDS (ENSEMBLES dérivés de série)

    5 3.10.3 Utilizador – Parte que vai especificar, adquirir, utilizar e/ou operar o Conjunto, ou alguém agindo em seu nome

    6 3.10.2 Fabricante de Conjuntos – Organização tomando a responsabilidade pelo Conjunto final

    7 Decreto-lei n.º 96/2017
A ABB (ABBN: SIX Swiss Ex) é uma empresa pioneira em produtos de eletrificação, robótica e automação, automação industrial e redes elétricas, servindo globalmente clientes em serviços públicos, indústria, transporte e infraestruturas. Com mais de 125 anos de história de inovação, a ABB hoje escreve o futuro da digitalização industrial e conduz a Energia e a Quarta Revolução Industrial. A ABB opera em mais de 100 países com cerca de 136.000 funcionários. www.abb.com

    Busca



    ENTRE EM CONTATO