A ABB lança inovador módulo de alta tensão para subestações de transmissão de energia

2013-04-30 - O Módulo Compacto inteligente tipo DCB (Disconnecting Circuit Breaker) integrado com sensor FOCS (Sensor de Corrente à Fibra Óptica) pode reduzir substancialmente a compactação das subestações AIS enquanto aprimora a disponibilidade e a confiabilidade de energia.
Zurique, Suíça, 09 de abril de 2013 – ABB, o grupo líder em tecnologias de energia e automação, desenvolveu uma inovadora solução para subestação de alta tensão para as aplicações de transmissão de 362-550 kilovolt (kV). O novo Módulo CompactoDCB possui um Sensor de Corrente de Fibra Óptica (FOCS - Fiber Optic Current Sensor) que simplifica o design da subestação e reduz significativamente necessidade de espaço. Isso faz do dispositivo algo mais inteligente, permitindo que ele faça parte de uma grade mais flexível. O novo DCB-FOCS foi implantado com sucesso em um projeto-piloto de 420 kV na Suécia. A ABB apresentou o novo produto em Hannover Messe pela primeira vez de 08 a 12 de abril de 2013.

Sistemas a base de equipamentos convencionais de alta tensão são compostos por disjuntores, chaves seccionadoras e transformadores de corrente como componentes separados que exigem um espaço de instalação individual. A ABB foi pioneira com a criação do DCB em 2000, integrando a função de seccionamento na câmara de interrupção do disjuntor reduzindo, assim, a complexibilidadee tornando a instalação mais fácil.

Agora, a ABB leva esse conceito adiante ao integrar o FOCS (um dispositivo de medição de corrente) no próprio DCB. Esse novo projeto tem o potencial de reduzir espaço físico necessário da subestação onde será instalado em até 60% em comparação com uma solução convencional. No centro do isolador há um robusto sensor óptico de ponta com uma interface digital, compatível com as normas IEC 61850, que possibilita um fácil acesso aos dados essenciais da subestação, para monitorar e controlar os parâmetros vitais.

“Este desenvolvimento mais recente é, portanto, outro marco em nosso compromisso com a tecnologia e inovação”, disse Giandomenico Rivetti, Responsável por Produtos de Alta Tensão, unidade de negócios da divisão de Produtos de Potência da ABB. “Integrar o FOCS com o DCB reduz a área útil necessária enquanto entrega uma solução possível de "rede inteligente", que é praticamente do tipo "plugue e use", e é ainda flexível o suficiente para acomodar as necessidades do cliente. Isso o torna idealmente adequado para novas e atualizadas aplicações da subestação com o benefício extra de disponibilidade e confiabilidade da energia aprimorada".

O novo produto tem poucas necessidades de manutenção e é mais ecologicamente correto e eco-eficiente em termos de emissões de CO2 e material usado para produção e isolamento. Além do mais, a fiação compreende as conexões de cabo padrão Ethernet, tornando-o mais simples e mais seguro, enquanto melhora a eficiência ao reduzir as perdas eletrotérmicas e elétricas. Ademais, a substituição dos diversos núcleos de um TC (Transformador de Corrente) com um único FOCS tem a vantagem dupla de melhor proteção e controle.

Sobre a ABB:
A ABB (www.abb.com) é líder em tecnologias de energia e automação, proporcionando aos clientes industriais e de concessionárias a melhoria da sua performance energética, além da redução dos impactos ambientais. O grupo ABB opera em cerca de 100 países e emprega em torno de 145.000 funcionários.

Fique por dentro:

Siga-nos no TwitterParticipe do nosso grupo no LinkedInConecte-se ao FacebookInscreva-se no nosso canal no YouTube

Busca