Porquê utilizar um relé inteligente para fazer a gestão de motores?

2016-06-27 - Com o passar dos anos a necessidade de aumentar a eficiência produtiva tornou-se num diferencial competitivo para as grandes indústrias, e para isso a necessidade de gerir os motores com sistemas de proteção, diagnóstico e controlo está cada vez mais presente e faz toda diferença.

Estas soluções estão hoje em dia presentes na figura do relé de proteção eletrónico, que permite ampliar as funções de proteção do motor, evitando assim o seu desgaste prematuro e consequentemente a necessidade de troca do mesmo, evitando assim custos adicionais com a aquisição de um novo motor e paragem do processo produtivo para a troca do mesmo.



Atualmente os relés eletrónicos de proteção de motores são conhecidos como relés inteligentes, devido à incorporação de redes de comunicação que possibilitam o comando remoto do arranque de motores além da gestão do mesmo. Esta é a grande vantagem do relé inteligente, ou seja, possibilitar a gestão de todos os parâmetros ligados ao motor, incluindo o diagnóstico rápido da falha, diretamente da mesa de operações do processo industrial.

Imaginemos um processo que tenha grande inércia de arranque, onde uma paragem súbita pode provocar a perda da matéria-prima. Se este processo utilizar relés inteligentes para o controlo dos motores, o mesmo pode transmitir continuamente uma ampla gama de dados operacionais, de serviço e diagnóstico do motor ao sistema de controlo.

Desta forma, será possível detetar as falhas antecipadamente ou mesmo evita-las, limitando assim os seus efeitos e aumentando a disponibilidade de serviço.

Uma vez solucionado este problema, das paragens súbitas, à que ter em consideração o tempo de paragem para manutenção preventiva, pois cada hora em manutenção é uma hora sem produção. Por isso, além do diagnóstico remoto através de redes de comunicação, os relés inteligentes em geral permitem um diagnóstico local através de IHM (interface homem máquina), possibilitando assim uma rápida resolução da falha.

Outra grande vantagem que o relé inteligente pode oferecer é a gestão de energia do processo industrial, com base nas informações medidas através de módulos opcionais, sendo assim possível obter um mapa energético completo dos motores instalados no processo industrial. Com esta informação será simples criar o fluxo energético do processo, monitorizar a disponibilidade dos barramentos e cabos, investigar perdas e promover ações de redução de consumo, assim como detetar qualquer alteração na performance dos motores.

Quando corretamente dimensionado e programado, o sistema de automação com o relé inteligente é a melhor solução para motores de velocidade constante em baixa tensão, pois os benefícios económicos são evidentes.

Siga-nos nas redes sociais:

Follow us on TwitterGet LinkedInConnect on FacebookSubscribe on YouTube