ABB consegue avanço na tecnologia da aparelhagem de conexão com a introdução de isolante gasoso ecologicamente eficiente

Nova mistura de gases alternativa ao SF6 oferece potencial para reduzir até 50 por cento a pegada de carbono da aparelhagem com isolação gasosa – tecnologia a ser instalada em projecto piloto na Suíça.
O grupo ABB, líder mundial de tecnologias de energia e automação, conseguiu um importante avanço na tecnologia de aparelhagem com isolação gasosa (GIS, Gas-Insulated Switchgear) com o desenvolvimento de uma solução que utiliza uma nova mistura de gases de isolação em substituição do hexafluoreto de enxofre (SF6).

Esta nova mistura de gases, com propriedades de isolação semelhantes às do SF6 utilizado presentemente na aparelhagem de conexão, apresenta a importante vantagem de possibilitar uma redução muito substancial de impacte ambiental devido ao seu extremamente baixo potencial de aquecimento global. Em comparação com equipamento predecessor com a mesma estipulação, a aparelhagem da ABB com a nova mistura de gases de isolação tem o potencial para reduzir até 50 por cento as emissões, em equivalente de dióxido de carbono, produzidas durante o ciclo de vida do equipamento.

Refere Bernhard Jucker, responsável da Power Products Division da ABB, “Este é um avanço significativo que pode abrir caminho nos próximos anos para aparelhagem mais amiga do ambiente. Irá permitir aos nossos clientes reduzirem o seu impacte ambiental e está completamente alinhado com o compromisso permanente da ABB para com a tecnologia e a inovação que promovam energia e produtividade para um mundo melhor.”

Devido às suas propriedades físicas, o gás SF6 tem sido utilizado extensivamente durante décadas pela indústria eléctrica para isolação dieléctrica e interrupção de corrente. O SF6 pressurizado é utilizado em aparelhagem com isolação gasosa, ajudando à sua operação segura e fiável devido a uma rigidez dieléctrica muito mais elevada que a de outros meios isolantes, permitindo uma redução significativa das dimensões da aparelhagem e possibilitando a sua instalação em áreas onde o espaço é limitado. Contudo, o SF6 é conhecido por ser um gás de efeito de estufa e também por a gestão do seu ciclo de vida exigir um cuidadoso manuseamento por parte dos seus utilizadores nas indústrias e nas concessionárias. A sua gestão conforme pode também acarretar um custo substancial, em particular no descomissionamento de subestações obsoletas.

A nova tecnologia irá ser instalada pela primeira vez numa subestação localizada em Oerlikon, em Zurique, numa instalação piloto para a principal concessionária energética suíca, ewz. Neste projecto a ABB irá instalar, além de GIS para alta tensão (170 kV), também GIS para média tensão contendo a nova mistura de gases.

Numa rede de energia eléctrica a aparelhagem é utilizada para o controlo, a protecção e o isolamento do equipamento eléctrico, tendo como fim o aumento da fiabilidade do fornecimento energético. Com a tecnologia GIS, componentes chave tais como contactos e condutores são protegidos por um isolante gasoso. A compacidade, fiabilidade e robustez desta solução tornam-na a preferida em áreas urbanas ou noutras com limitações de espaço, ou em situações ambientais adversas.

A ABB esteve na vanguarda, em meados da década de 1960, do desenvolvimento dos sistemas GIS para alta tensão e continua a impulsionar a tecnologia e a inovação nestes sistemas, oferecendo um portefólio com uma gama completa de produtos para níveis de tensão entre 72,5 kV e 1200 kV. Como líder de mercado da tecnologia GIS para alta tensão, a ABB detém uma base instalada global de mais de 23 000 equipamentos. Este recente avanço tecnológico irá permitir uma redução adicional nas emissões de carbono sem qualquer compromisso de eficiência ou fiabilidade.

A ABB (www.abb.com) é uma empresa líder em tecnologias de energia e automação que permitem a melhoria do desempenho das indústrias e concessionárias com um menor impacte ambiental. O grupo ABB opera em mais de 100 países e possui cerca de 145 000 colaboradores.

Para ajuda com termos técnicos da presente nota, p.f. consultar: www.abb.com/glossary

Siga-nos nas redes sociais:

Follow us on TwitterGet LinkedInConnect on FacebookSubscribe on YouTube

Busca



ENTRE EM CONTATO

  • Media contact
  • Harmeet Bawa
  • Head of Communications
    ABB Power Products and Power Systems