Segurança e integridade de ativo: como minimizar riscos para pessoas, propriedades e para o meio ambiente

2016-09-27 - A necessidade de conseguir o equilíbrio entre redução dos custos e aumento da produtividade, ao mesmo tempo que se cumpre os regulamentos de segurança — também eles cada vez mais exigentes — tornou-se o desafio mais difícil para os vários tipos de indústria.



Porquê a preocupação com a segurança e a integridade de ativos?
Ao entrar na era do futuro, algumas indústrias estão a dedicar-se cada vez mais à responsabilidade que têm na proteção do seu pessoal, património e meio ambiente contra danos. Paralelamente, as organizações mundiais, governos e autoridades aumentam o grau de exigência dos seus regulamentos de segurança. Em ambientes industriais, os utilizadores finais exigem maior integração dos seus sistemas de segurança e controlo, funções de segurança dos diversos estados de seus processos, flexibilidade, escalabilidade e reusabilidade dos seus componentes de segurança. Precisam de uma forma económica de manter a capacidade produtiva enquanto preservam a integridade dos seus ativos e satisfazem os requisitos das legislações atuais.

A segurança e a integridade de ativos dizem respeito à capacidade que um ativo tem de desempenhar a função dele exigido com eficácia e eficiência, ao mesmo tempo que protege a saúde, a segurança e o meio ambiente, bem como a garantia de que as pessoas, sistemas, processos e recursos responsáveis pela manutenção da integridade estão disponíveis, a funcionar e prontos para desempenhar sempre que necessário, ao longo de todo o ciclo de vida do ativo.

Segurança e integridade de ativos em indústrias de mineração
Os padrões internacionais de segurança, tais como IEC 61508 Ed2 e IEC 61511 para o sector de processos, IEC 62061 para máquinas e IEC 6180-5-2 para acionadores de potência são reconhecidos mundialmente, no que diz respeito à segurança funcional, como “boas práticas”. O SIL (“Safety Integrity Level” – Nível de Integridade em Segurança), baseado nas normas IEC/EN 61508, é fundamental para estes padrões. O SIL é uma representação estatística da disponibilidade de uma função de segurança instrumentada necessária. Foram estabelecidos 4 níveis de SIL dentro das ANSI/ISA S84.01 e IEC 61508. SIL 4 é o nível de integridade de segurança mais alto e SIL 1 o mais baixo. Os SIL aplicam-se à fiabilidade e ao desempenho do sistema de segurança utilizado na proteção das atividades perigosas. São necessárias medidas técnicas e de gestão para obter um determinado nível de integridade.

Atualmente, a segurança e integridade de ativos têm ainda muito a melhorar. Muitas das empresas do sector, incluindo fornecedores, têm feito esforços no sentido de satisfazer as exigências dos SIL. Também a ABB tem vindo a trabalhar com os seus clientes para desenvolver e consolidar a segurança e integridade de ativos e tornar-se um exemplo a seguir.

Soluções de segurança funcional para todo o ciclo de vida
O SIL é parte integrante de algo maior a que se chama segurança funcional. Esta é fundamental para possibilitar o uso das tecnologias complexas utilizadas em sistemas de segurança. O nível de SIL é crítico, pois um nível inadequado pode afetar a segurança e a proteção do ativo, pondo a sua integridade em risco. De igual modo, uma abordagem excessivamente conservadora pode resultar em gastos operacionais e de capitais desnecessários. Um nível SIL apropriado permite melhorias significativas na gestão de custos em ambientes operacionais, tanto em áreas existentes quanto em novos empreendimentos. Os níveis de integridade de segurança operacional dos ativos são mantidos ao mesmo tempo que se otimizam os custos decorrentes de testes e manutenção. A ABB, no papel de sua parceira de negócios, esforça-se por seguir cada uma destas fases, por mapear o seu portefólio de produtos e serviços, tendo os seus ciclos de vida como referência para atender aos requisitos de segurança.


    Siga-nos nas redes sociais:

    Follow us on TwitterGet LinkedInConnect on FacebookSubscribe on YouTube

    Busca



    ENTRE EM CONTATO