Energia sustentável e limpa para a Groenlândia

A ABB está fornecendo uma solução completa de energia e automação para uma nova hidroelétrica na Groenlândia que irá fornecer energia livre de emissões para a terceira maior comunidade do país, reduzindo sua dependência na importação de combustíveis fósseis.
Ilulissat, com icebergs da vizinha Ilulissat icefjord ao fundo

A Groenlândia é a maior ilha e o país menos povoado da Terra. Seus 57 mil habitantes estão espalhados por uma vasta área do tamanho da Europa Ocidental, com a maioria deles vivendo em pequenas comunidades ao longo dos fiordes da costa oeste.

Grande parte destas comunidades somente são acessíveis somente por barco ou avião durante o verão e pelo trenó de cães no inverno. Devido à natureza autossuficiente das comunidades da Groenlândia, cada cidade gera sua própria energia e a distribui através de uma rede de microenergia e rede de aquecimento local.

Historicamente, essa energia foi gerada na Groenlândia por usinas de energia a diesel, que necessitam de importações onerosas de combustíveis fósseis e são responsáveis pela emissão de gases de efeito estufa.

No entanto, durante os últimos anos, a Groenlândia vem substituindo suas usinas de energia a diesel por usinas hidrelétricas -, portanto, utilizando os seus vastos recursos de água de degelo glacial para gerar energia hidrelétrica de baixo custo e reduzir as importações de combustível do país e as emissões de gases de efeito estufa.

O mais recente desses projetos de energias renováveis é uma usina hidrelétrica de 22.5 megawatts (MW) para a cidade de Ilulissat, na costa oeste - a terceira maior comunidade na Groenlândia. A usina substitui uma usina de energia existente acionada a diesel e irá fornecer eletricidade para a cidade e a rede de aquecimento local.

A ABB foi selecionada para fornecer uma solução completa em elétrica e controle para a usina hidrelétrica pela Ístak, empreiteira de construção, aquisições e engenharia com base na Islândia.

A solução da ABB inclui paineis de alta e média tensão, dispositivos de controle e proteção, telecomunicações e sistemas de CCTV, e um Sistema Estendido de Automação 800xA para controle de supervisão e aquisição de dados. A ABB também é responsável pela engenharia, projeto e comissionamento, e para a integração de equipamentos da usina em um sistema totalmente integrado de controle remoto.

A segurança operacional é fundamental para o proprietário da usina, Nukissiorfiit, o fornecedor de energia de propriedade do governo. A usina não é tripulada e é localizada em um fiorde isolado a 45 km de Ilulissat. Se uma falha ocorresse durante as tempestades de inverno rigoroso, o acesso não seria possível por dias ou semanas e a velha usina diesel teria de ser reiniciada com grande inconveniente e custo extra.

Esta é a terceira solução de energia completa de automação que a ABB já forneceu para a Groenlândia neste processo de migração para energia renovável. Em 2010, ABB forneceu uma solução semelhante para uma nova usina hidrelétrica de 15 MW que abastece Sisimiut, segunda maior cidade da ilha, com energia elétrica limpa. Antes disso, em 2007, a ABB completou a entrega e comissionamento do sistema de comunicação e de controle para a usina hidrelétrica de 9 MW de Qorlortorsuaq.

Como resultado destes e de outros projetos hidrelétricos, quase 70% da eletricidade da Groenlândia agora é gerada por energia hidrelétrica livre de emissões.

A primeira das três turbinas de 7,5 MW em Ilulissat iniciou a produção um ano antes do previsto, em outubro de 2012, permitindo que a usina de energia a óleo diesel fosse desligada com meses de antecedência. As demais turbinas estão programadas para entrar em operação em 2013.

Você também poderá fazer o download ou compartilhar infográfico (en) abaixo:

Fique por dentro:

Siga-nos no TwitterParticipe do nosso grupo no LinkedInConecte-se ao FacebookInscreva-se no nosso canal no YouTube