ABB, primeiro trimestre: aumento da facturação e melhoria da rentabilidade

    • A melhoria do portefólio e o equilíbrio geográfico geram bons resultados num mercado complexo
    • A facturação estabiliza e aumenta em todas as divisões. Thomas & Betts 1 no bom caminho.
    • Aumentam EBITDA e a margem. Os esforços para reduzir custos continuam a dar bons resultados.
Zurique, Suíça, 24 de Abril de 2013. A ABB publicou hoje os seus resultados do primeiro trimestre de 2013, destacando o aumento da facturação e a melhoria da rentabilidade operacional, apesar do debilitado ambiente económico.

Joe Hogan, CEO da ABB, declarou: "Considerando que continuam a verificar-se incertezas na economia mundial, estamos perante um começo do ano de 2013 satisfatório. Continuámos a trabalhar bem, equilibrando com êxito uma rigorosa disciplina de controlo de custos, com o objectivo de crescimento naqueles negócios e regiões em que temos vantagens competitivas, especialmente em áreas como as da eficiência industrial, fiabilidade eléctrica e energias renováveis.

O nosso bem equilibrado portefólio e a nossa presença global, em conjunto, contribuíram para alcançarmos sólidos resultados e permitiram-nos encontrar e aproveitar oportunidades de crescimento num mercado complexo. Por exemplo, conseguimos algumas encomendas importantes nos sectores naval, mineiro e de robótica, e aumentámos as encomendas de mercados emergentes em 10%. A facturação total, tanto orgânica como inorgânica, também aumentou. Continuámos a controlar rigorosamente os custos, disciplinando fortemente os gastos gerais e administrativos. Os sucessos continuados em aprovisionamentos e melhorias de produtividade permitiram-nos poupar 260 milhões de dólares.

A integração da Thomas & Betts e as sinergias resultantes seguem o seu caminho. Estamos muito satisfeitos com esta aquisição e com a melhoria que a mesma representa para a nossa posição no mercado norte-americano.

A equipa de Power Products conseguiu também bons resultados, com uma margem EBITDA operacional de 14,9%, mais uma vez dentro do objectivo fixado entre 14,5% e 15% para todo o ano, graças a um firme controlo de custos e à selecção de iniciativas de crescimento em mercados finais mais rentáveis.

Conseguimos estes resultados apesar dos obstáculos que a procura enfrenta. O crescimento na América do Norte desacelerou mais ainda este trimestre, e os investimentos industriais em grande parte da Europa continuaram a demonstrar inconsistência. O Cash Flow foi inferior ao que desejaríamos, mas em boa medida foi ao encontro do esperado, uma vez que é consequência dos prazos de execução dos projectos. Esperamos que se verifique uma recuperação nos próximos trimestres.

No período restante do ano continuaremos a concentrar-nos no equilíbrio entre custos e crescimento. Os indicadores macro-económicos permanecem incertos, o que dificulta previsões sobre o comportamento dos negócios de ciclo curto. No entanto, a nossa importante carteira de encomendas ajudará a mitigar parte dessa incerteza, e confiamos em que o nosso melhor equilíbrio entre negócios e regiões continuará a conseguir-nos oportunidades de crescimento rentável."



T1 13 T1 12 Variação
Em milhões de dólares, excepto se indicação em contrárioUS$LocalOrgânico(1)
Encomendas 10.49210.368 1%2%-4%
Encomendas em carteira (final de Março)29.61429.910-1%2%
Facturação9.7158.9079%10%3%
EBIT1.0521.0480%
em % de facturação10,8%11,8%
EBITDA operacional1.458 1.22819%
em % de facturação operacional15,0%13,9%
Resultado líquido atribuível à ABB664685-3%
Ganhos por acção (USD)0,290,30
Cash Flow operacional (223)(22)n.a.
1 As alterações orgânicas indicam-se em moedas locais e excluem a aquisição da Thomas & Betts em Maio de 2012.


O Grupo ABB, líder em tecnologias de energia e automação, possibilita às empresas de electricidade, água e gás, e à indústria, melhorar o seu desempenho, reduzindo o impacto ambiental. O Grupo ABB opera em cerca de 100 países e emprega aproximadamente 145.000 pessoas.

Busca



ENTRE EM CONTATO

  • Para mais informações:
  • Media Relations
  • ABB Corporate Communications, Zurich
    Thomas Schmidt, Antonio Ligi
    Tel: +41 43 317 6568
    Fax: +41 43 317 7958
    ABB Ltd
    Affolternstrasse 44
    CH-8050 Zurich, Switzerland
  • Investor Relations
  • Switzerland: Tel. +41 43 317 7111
    Sweden: Tel. +46 21 325 719
    USA: Tel. +1 203 750 7743
    media.relations@ch.abb.com


    Siga a ABB nas redes sociais



    ABB em Portugal
    ABB em Portugal