A ABB está aumentando sua parceria ambiental com os clientes

2010-03-02 - A importância de fornecer informações de sustentabilidade relevantes, confiáveis e comparáveis para atender várias necessidades legais, dos clientes e do mercado tornou-se cada vez mais crítica para a ABB.

Em momentos de preocupação crescente com a mudança climática, os clientes da ABB estão começando a solicitar informações sobre o chamado 'inventário de carbono dos nossos produtos e serviços. Os concorrentes da ABB, também estão sendo solicitados a fornecer perfis de carbono semelhantes para seus portfólios. Graças a um sistema existente, de Declarações de Produtos Ambientais e uma rede de sustentabilidade ativa, a ABB está em boa posição para fornecer essas informações aos seus clientes.

O primeiro pedido dessas informações em grande escala vem de um cliente global espanhol chamado Abengoa, que agora solicita os inventários de carbono de todos os produtos ABB que adquire. Isso significa calcular as emissões de gases de efeito estufa relacionadas à produção e fornecimento de todos os bens e serviços às empresas Abengoa em todo o mundo.

“Esse é um pedido um tanto desafiador, mas a ABB tem bastante experiência nessa área. Creio que receberemos muitos pedidos semelhantes no futuro e esse caso poderá ajudar-nos a criar conhecimento, ferramentas e organização para responder a esses pedidos de informações sobre inventário de carbono,de uma maneira estruturada e eficiente,” declara Lennart Swanström, Cientista Sênior da ABB Corporate Research.

A ABB desenvolveu declarações ambientais para suas principais linhas de produtos após ser a pioneira na metodologia mais de 10 anos atrás. As Declarações de Produtos Ambientais (EPDs) descrevem o impacto dos produtos ABB no meio ambiente ao longo de toda sua vida útil, levando em conta os recursos e materiais usados na produção e a eficiência energética quando em operação. As EPDs podem incluir informações sobre a aquisição de matéria-prima, uso e eficiência de energia, conteúdo de materiais e substâncias químicas, emissões atmosféricas, no solo e na água, geração de resíduos e o impacto ambiental associado ao produto ou serviço em questão.

As declarações fornecem aos clientes dados objetivos com base em bancos de dados e ferramentas de avaliação ambiental confiáveis e ajudam a comparar o desempenho ambiental dos produtos ABB com os produtos alternativos da concorrência.

A solicitação da Abengoa foi a primeira desse tipo de inventário de gases do efeito estufa. A solução exigiu colaboração íntima entre os especialistas ambientais, de fornecimento e de vendas da ABB e da Abengoa, que trabalharam juntos para esclarecer as necessidades da Abengoa e entender as informações já disponíveis da ABB em EPDs. Essa cooperação resultou agora em um contrato global entre ABB e Abengoa para ajudar a simplificar o processo de relatórios.

A ABB desenvolveu uma ferramenta para calcular os dados de gases de efeito estufa necessários e a Abengoa concordou com um método simples de entrega de dados. Além disso, a ABB pode usar os dados de gases de efeito estufa das EPDs, em vez de desenvolver novos dados de gases de efeito estufa para todos os produtos fornecidos à Abengoa. O contrato foi implementado no início de fevereiro de 2010.

O caso da Abengoa demonstra a crescente importância para os nossos clientes de documentar a eficiência energética e o desempenho ambiental dos produtos e serviços da ABB. Também ilustra a importância do desenvolvimento contínuo de informações do desempenho ambiental das ofertas da ABB.

“O bom desempenho ambiental costumava ser um benefício colateral atraente. Hoje tornou-se um pré-requisito para fazer negócios em vários setores e mercados da ABB e temos sido proativos ao tratar essa demanda", disse Adrienne Williams, diretora de Assuntos Ambientais. “Quando colaboramos com os clientes para ajudá-los a atingir suas metas de desempenho ambiental, criamos um diferencial real para os produtos e serviços da ABB. Isso abrirá muitas oportunidades de crescimento em nossas contas principais, especialmente quando podemos integrar nossa documentação em sua cadeia de fornecimento e tornar mais fácil para eles fazerem negócios com a ABB.”