Serviços ABB para a Statoil durante parada no Campo de Peregrino

Em abril deste ano, o campo de Peregrino composto por uma FPSO (flutuador de produção, armazenagem e descarga) e duas plataformas de cabeça de poço passou por uma recuperação bem sucedida. A ABB no Brasil montou uma equipe de especialistas para manutenção e modificações nos equipamentos elétricos e de automação a bordo das plataformas.
Paradas gerais típicas na indústria de petróleo e gás, pois tem como objetivo ajustar e simplificar todos os equipamentos depois de dois anos de experiência operacional. O campo de Peregrino, na costa do Brasil entrou em operação há exatamente dois anos.

"O projeto Peregrino tem sido um sucesso desde que foi contemplado pela ABB na Noruega, primeiro por meio da transferência de conhecimento para o pessoal da ABB no Brasil nos dois primeiros anos de funcionamento e, agora, durante uma parada geral de extrema importância. Estamos muito felizes em receber o feedback positivo da Statoil”, disse Sandro Moret, Coordenador de Vendas de Óleo e Gas da ABB.


A produção foi interropida antes da parada geral para permitir a execução segura e eficiente de qualquer reparo, modificação ou upgrade necessário para melhorar o processo na plataforma.

"Eu gostaria de reconhecer o trabalho realizado pelo pessoal da ABB em Peregrino B durante o Turnaround em abril de 2013", disse Patrick Muller da Statoil Brasil. "Até agora, o pessoal da ABB tem demonstrado um excelente trabalho em equipe e feito um enorme esforço para torná-lo uma recuperação bem sucedida. Como você sabe, a segurança é nossa prioridade número um e estou muito feliz com as normas utilizadas pela equipe ABB."

ABB na Noruega foi responsável pela automação e eletrificação para a FPSO e as plataformas de cabeça de poço. A transferência de conhecimento desta unidade para a ABB no Brasil começou em 2010, durante a fase de comissionamento das plataformas e FPSO.

Durante as operações, a ABB teve entre 8 a 10 pessoas trabalhando nas três instalações. Para a parada geral, 42 pessoas de quatro divisões foram mobilizadas.

Os serviços executados abrangeram reparos e/ ou modificações em transformadores, painéis de média tensão, relés de proteção de média tensão, certificação de fibra ótica, automação, rearranjo de cabos de servidores, painéis de automação, estações de operação de servidores do DCS, configuração de softwares e serviços de TI.

Para mais informações, entre em contato com Sandro Moret pelo e-mail sandro.moret@br.abb.com

Busca



VOLTAR PARA HOME