Relés de proteção diferencial e transformadores associados, segundo a norma IEC 60947-2

2014-04-01 - O anexo M da norma IEC 60947-2 faz referência ao uso de relés de proteção diferencial e aos seus transformadores associados, que se montam separadamente do elemento de corte de corrente.


A norma IEC 60947-2 define os requisitos específicos que devem cumprir estes aparelhos de proteção diferencial que, em primeira instância, foram projetados para serem usados em conjunto com os disjuntores. No entanto, apesar de serem elementos separados, devem-se obter os mesmos tempos de atuação (corte) que os disjuntores que incorporam a proteção diferencial (segundo os artigos M.4.2.1 e B.4.2.4 da norma).



O tempo de atuação depende de todos os componentes da cadeia e para garantir a proteção, é muito importante o tempo de funcionamento total do MRCD (Modular Residual Current Device) e o aparelho de corte associado. O tempo de abertura do conjunto (tempo combinado) é o tempo que decorre entre o instante de deteção do relé diferencial e o momento da extinção do arco elétrico do aparelho de corte associado.

A norma menciona que o aparelho que cumpra o especificado no anexo M deve estar marcado em conformidade e deve indicar também o tipo de interruptor de proteção associado para conseguir os tempos constantes da norma.

A gama da ABB de relés diferenciais RD3 e os seus transformadores associados (TR), assim como todos os relés da gama RC (para disjuntores compactos Tmax), cumprem os tempos necessários pela norma em questão, embora os valores de corrente máxima estejam limitados.



A seguinte tabela mostra os valores para os transformadores TR associados a relés RD3 e disjuntores modulares da gama S200 ou disjuntores compactos da gama Tmax até T5.



No entanto, é possível utilizar os relés diferenciais RD3 e os seus transformadores TR com outros elementos de corte e outras correntes de emprego. A seguir são indicados os valores máximos suportados para estes casos.





A seguinte tabela mostra os valores da corrente com os quais pode trabalhar a gama de transformadores WG com os respetivos relés diferenciais da gama RGU.




Para mais informações contacte-nos em: marketing.abb@pt.abb.com

Siga-nos nas redes sociais:

Follow us on TwitterGet LinkedInConnect on FacebookSubscribe on YouTube