A ABB consegue pedido de US$ 60 milhões para reforçar a rede elétrica do Reino Unido

2017-10-31 - A nova subestação de alta tensão interna em Shurton alimentará a eletricidade a partir da estação de energia de Hinkley Point C para a rede nacional
A ABB conquistou um contrato de US$ 60 milhões com a principal concessionária pública de energia do Reino Unido, National Grid, para construir uma nova subestação de alta tensão em Shurton, e integrar a eletricidade produzida pela nova estação de energia nuclear de Hinkley Point C em Somerset, no sudoeste da Inglaterra, e alimentar a rede de energia. O pedido foi registrado no terceiro trimestre de 2017.

Hinkley Point C produzirá 3,2 gigawatts de energia – eletricidade de baixo teor de carbono suficiente para cerca de seis milhões de lares no Reino Unido - fazendo dela a maior fonte de geração de energia conectada ao sistema da National Grid. A subestação de Shurton, localizada a sudeste da instalação principal de Hinkley, é um elemento vital no programa da National Grid para reforçar e atualizar a rede para acomodar a energia adicional e garantir a segurança do abastecimento.

A ABB projetará, fabricará e instalará a nova subestação de Shurton de 400 quilovolts (kV), que fornecerá conexões de circuito duplo para as subestações existentes em Taunton e Melksham. Ele contará com o comutador isolado por gás (GIS - Gas Insulated Switchgear) da ABB, que permitirá que a subestação seja construída em um ambiente interno, dentro de um edifício compacto, para otimizar o uso do espaço limitado disponível no local. Barramentos isolados por gás conectarão o comutador aos circuitos de linha e cabo. O projeto também entregará sistemas digitais avançados de controle, proteção e telecomunicações baseados na plataforma ABB AbilityTM.

"Este projeto é uma ilustração da capacidade da ABB de entregar um projeto completo e construir a solução para projetos importantes de subestação complexa e de alto valor", disse Claudio Facchin, presidente da divisão Power Grid da ABB. “Combinaremos sistemas avançados de proteção, controle e comunicações com nossa tecnologia GIS para entregar valor ao cliente e reforçar nossa posição como parceiro preferido na possibilitação de uma rede mais forte, mais inteligente e mais verde.”

Sue Adam, Chefe de Desenvolvimento de Infraestrutura da National Grid, disse: "Este é um projeto significativo para nossa empresa. Conectar essa nova fonte de energia com baixo teor de carbono à nossa rede ajudará a atender a crescente demanda do país por energia sustentável. Temos o prazer de conceder à ABB o contrato para construir a nova subestação, que será um elo vital entre a nova estação de energia de Hinkley Point C e a rede de eletricidade."

O design compacto para montagem interior da tecnologia GIS da ABB permite uma economia de espaço de até 70%, em comparação ao AIS convencional. O tamanho compacto também possibilita extensões e modificações em condições de espaço confinado, o que não seria possível com a tecnologia AIS. Além disso, a tecnologia GIS aumenta a disponibilidade e confiabilidade do fornecimento, reduzindo as exigências de manutenção.

A ABB é o principal fornecedor mundial de subestações com níveis de tensão de até 1.200 kV. Essas subestações permitem a transmissão e distribuição eficientes e confiáveis de eletricidade com impacto ambiental mínimo, atendendo a clientes públicos, industriais e comerciais, bem como setores como ferrovias, transporte urbano e de energias renováveis.

ABB (ABBN: SIX Swiss Ex) é líder nas tecnologias pioneiras de produtos para eletrificação, robótica, automação industrial e redes elétricas, atendendo globalmente a clientes de concessionárias de serviços públicos, indústria, transportes e infraestrutura. Dando seguimento a uma história de inovação de mais de 125 anos, a ABB atualmente está escrevendo o futuro da digitalização industrial e impulsionando a Revolução Energética e a Quarta Revolução Industrial. A ABB opera em mais de 100 países e conta com cerca de 136.000 colaboradores. www.abb.com

Busca



ENTRE EM CONTATO