Sistema elétrico da Repar com solução ABB

2013-07-16 - Em janeiro deste ano, a ABB entregou o projeto de fornecimento do sistema de automação elétrica e gerencimento de energia de uma das maiores refinarias da Petrobras, a REPAR – Refinaria Presidente Getúlio Vargas – localizada em Araucária, PR.
A Petrobras adotou para seu sistema elétrico a tecnologia que tem como base a norma IEC61850, e a ABB foi uma das empresas-chave neste processo, implantando o primeiro sistema de controle e monitoração distribuído com integração à rede IEC61850. Além disso, a ABB modernizou todo o sistema de gerenciamento de energia da REPAR, aliando todos os benefícios desta nova tecnologia às funcionalidades do sistema 800xA, e a padronização através das bibliotecas PMS - Power Management System - desenvolvidas especificamente para as plantas industriais deste porte.



Este foi um projeto significativo e com grande complexidade, abrangendomais de 25 subestações , possibilitando assim a integração de aproximadamente 850 IED’s -Intelligent Electronic Devices - ao sistema 800xA, e a implementação do sistema de descarte de cargas e controle de geração, buscando um melhor desempenho, confiabilidade e registro das informações ao sistema da REPAR.

Segundo Paulo Afonso Ruoso, técnico de manutenção sênior da Petrobras, “O sucesso do projeto, bem como os resultados obtidos, foram devido, às bibliotecas PMS de Loadshedding (Descarte de Cargas) e ao PQcontrol (Controle de Geração), que, sem dúvida, são produtos que considero de alto nível para o gerenciamento de sistemas elétricos, tendo como característica principal a simplicidade de configuração e implementação”.. O controle de geração teve uma série de melhorias em relação ao antigo, como o modo de cálculo automático de fator de participação de cada máquina no controle, a configuração da curva de carga do gerador e a sintonização de resposta do controle, ambos via faceplate. , sendo o feedback mais significativo da própria operação do sistema, que atualmente opera 100% do tempo em modo automático.

Entretanto, a chave de sucesso do projeto foi a solução pioneira de descarte elétrico utilizando a IEC61850 integrado ao sistema 800xA, em que foi aplicado uma configuração de redes virtuais para otimizar a infraestrutura existente, a quantidade de equipamentos e o desempenho do programa, proporcionando um tempo de atuação abaixo de 100ms.

“O descarte de cargas evoluiu, pois, adicionalmente ao monitoramento por alteração de topologia, o novo programa possui um descarte temporizado que se inicia a partir de uma sobrecarga pequena, obedecendo uma curva térmica programada”, afirma Clovis de Almeida Jr., consultor sênior da Petrobras.

Este projeto teve uma parceria entre as unidades da ABB do Brasil, Índia e Alemanha, por meio da área de pesquisa e desenvolvimento para que juntos pudessem desenvolver um sistema e atender as necessidades da REPAR. O resultado foi uma solução inédita e ainda inigualável no mercado.

Busca



ENTRE EM CONTATO

  • Para mais informações, entre em contato
  • Alba Silva